Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

INTERNET: Poderosa ferramenta para o Aleitamento Materno

Por: Marcus Renato de Carvalho

Internet uma rica fonte de informações e uma poderosa ferramenta de pesquisa em Aleitamento Materno

 

 

Prof. Marcus Renato de Carvalho [1]

 

 

 

A comunicação pela Internet ajudou a conectar o movimento pró-amamentação, que é muito forte, com adeptos em todos os lugares do mundo. Com o potencial de comunicação da rede fica mais fácil construir alianças com grupos de interesses que lutam pela promoção do aleitamento. Novos conhecimentos científicos comprovando o inestimável valor do leite materno são abundantes e com a Internet a divulgação desses estudos é feita rapidamente, dando subsídios para o convencimento das pessoas em geral e dos profissionais de saúde em especial da superioridade do aleitamento exclusivo sobre o aleitamento artificial. Além disso, as redes mundiais podem ser um poderoso instrumento de persuasão dos governantes a estabelecerem políticas que favoreçam o estabelecimento e a manutenção da amamentação.

 

Dra. Elsa Giugliani – Presidente do Comitê de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria.

 

 

                  O profissional de saúde que deseja manter-se atualizado, pesquisar, produzir conhecimentos, participar de encontros e congressos, discutir casos clínicos não pode prescindir do acesso à www - world wide web.

                O Brasil encontra-se bem representado neste espaço com “sites” ou “home pages” abrangentes, de qualidade e atualização.

               O “Cyber espaço” brinda outras formas de educação continuada, como os blogs, fotologs, listas eletrônicas de discussão, fóruns, cursos “online”, “chats”, teleconferências, ferramentas para telemedicina...

 

             Sites de localização (buscadores) como o Google, Yahoo, Cadê...  auxiliam a acharmos uma informação específica. Se buscarmos por exemplo, em um deles o termo: “aleitamento materno”, teremos 52.100 páginas ou referências; se pesquisarmos sobre “amamentação”, encontraremos 166.000! documentos. E estes números crescem todo dia.

 

             Para facilitar o ingresso neste mundo virtual quase infinito, relacionamos alguns sítios nacionais onde se pode começar a exploração:

 

 

* Aleitamento.com

 

www.aleitamento.com

 

            A primeira “homepage” de amamentação em português é atualizada diariamente e possui espaços específicos para profissionais de saúde, mães e pais. Trata também de questões sobre Mãe-Canguru, Paternidade, Bancos de Leite, Direitos materno-infantis, IBCLC/ILCA – Associação Internacional de Especialistas em Amamentação...

 

 

 

*Amamentação on-line

www.aleitamento.org.br

            Premiado site do grupo Origem de Olinda – PE, possibilita acesso a uma gama enorme de informações, publicações, principalmente sobre o movimento popular-comunitário sob a ótica feminista.  Possui uma galeria de arte, cartões virtuais e também um blog e um fotolog.

 

 

* Biblioteca Virtual em Saúde – Aleitamento Materno

www.bvsam.bvs.br/html/pt/home.html

   O Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme/OPAS/OMS) oferece a Biblioteca Virtual, produzida em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz. Trata-se de um instrumento de apoio na gestão de bancos de leite humano e na promoção do aleitamento materno como estratégia de combate à fome e à mortalidade infantil.

 

 

* Associação de Profissionais de Banco de Leite Humano e Aleitamento Materno

www.abpblh.org.br

    A ABPBLHAM, fundada em 2002 é uma associação civil, sem fins lucrativos, constituída de profissionais de Bancos de Leite Humano e de Serviços de Apoio e Incentivo ao Aleitamento Materno tem por finalidade entre outras, incrementar o estudo e o desenvolvimento científico, mediante a realização de debates, conferências, reuniões, cursos e congressos.  No site há várias seções: Notícias, Eventos, Estatuto...

 

* Grupo de Mães Amigas do peito

www.amigasdopeito.org.br

     Esta ONG foi fundada em 1980 por iniciativa de Bibi Vogel, atriz e modelo. Formada por mulheres voluntárias, ela luta pelo direito à amamentação e dá suporte emocional e psicológico às mães com problemas para amamentar. O grupo oferece apoio pela internet e por telefone - o Disque Amamentação, promove reuniões em diversos locais do Rio de Janeiro e de Niterói.

 

 

* Saúde de criança – Aleitamento Materno

http://portal.saude.gov.br/portal/saude/

     O Governo Federal através do Ministério da Saúde disponibiliza informações sobre a Política Nacional de Aleitamento Materno, em destaque para os Bancos de Leite Humano, Iniciativa Hospital da Criança, as Semanas Mundiais de Amamentação, o Projeto Carteiro Amigo, as Normas de controle da publicidade de alimentos infantis, mamadeiras e bicos.

 

 

* Sociedade Brasileira de Pediatria

   www.sbp.com.br

   A SBP através do seu Departamento Científico de Aleitamento Materno tem promovido uma série de atividades, entre elas: cursos, congressos, participado das Semanas Mundiais de Amamentação conferindo o título de Madrinhas do Aleitamento para atrizes famosas, desde 1999. No site, você encontrará sobre o tema: notícias, atualizações, campanhas, história do Departamento...

 

 

* IBFAN - Brasil

   www.ibfan.org.br

   Rede de pessoas e grupos que lutam pelo direito à amamentação monitorando as práticas de marketing das indústrias de alimentos infantis, mamadeiras e bicos e colaborando na elaboração de leis e normas baseadas no Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno. Para a IBFAN a Internet é um risco à proteção da amamentação, pois é um meio com a capacidade de alcançar milhões de consumidores em todo o mundo. Como é difícil controlar o conteúdo, torna-se ideal para a promoção comercial sem fronteiras, atingindo famílias e profissionais de saúde. Qualquer um pode acessar sites, tornando-se um ícone da globalização, não respeita línguas, culturas, costumes, legislações nacionais, tornando-se um novo desafio para a promoção ética de substitutos do leite materno.

 

*Rede Nacional de Banco de Leite Humano

  www.fiocruz.br/redeblh/

  O Brasil possui a maior rede de Bancos de Leite Humano do mundo, tendo ganhado um prêmio da OMS em reconhecimento ao desenvolvimento de uma tecnologia simples, mas segura de pasteurização.  O site contem informações sobre todos os bancos que compõem a rede, o manual técnico, a legislação, vídeos, eventos, congressos bienais, produção científica...

 

* Centro de Incentivo e Apoio ao Aleitamento Materno - UNIFESP

   www.unifesp.br/centros/ciaam

   O CIAAM acredita que o aleitamento materno é uma prática que, ao longo dos anos, tem sofrido importantes avanços, e que a formação de recursos humanos para atender a esta mulher em fase de aleitamento é fundamental para garantir uma assistência de qualidade. Desta forma, a UNIFESP, agente formador de profissionais de saúde, tem grande responsabilidade neste contexto.  O site tem seções de objetivos, serviços, integrantes, links...

 

 

* ABONAM – Associação Brasileira de Profissionais de Odontologia Neonatal e Aleitamento Materno

  www.abonam.com.br

  O site divulga que a Odontologia Neonatal é o conjunto de procedimentos que o cirurgião dentista pode realizar junto à equipe de atendimento neonatal, especialmente na promoção, proteção e apoio à amamentação.  Há seções onde se encontra os estatutos, cursos, vídeos, artigos, links...

 

 

* CENTRO de ESTUDOS AVANÇADOS em ODONTOLOGIA

   www.ceaodontofono.com.br

   O site do CEAO possui uma seção com vários artigos sobre o impacto positivo da amamentação e como as mamadeiras, bicos e chupetas interferem negativamente sobre o sistema estomatognático, possibilitando o respirador bucal. Coordenado pela Dra. Gabriela Dorothy de Carvalho. Oferece cursos, links, artigos...

 

 

* FOTOLOG de Amamentação

   www.fotolog.net/amamentando

   Este espaço tem finalidade de “mostrar” como é o processo de amamentação, trocar experiências nesse campo de modo a prosseguir nessa pacifica luta amamentista.  Coordenado pelo Dr. Luis Alberto Mussa Tavares, fruto de 20 anos de trabalho como pediatra, formado em Medicina pela UFRJ.


* PALMA - Projeto de Aleitamento Materno

   www.pucpr.br/palma

   O site deste programa investe no aleitamento materno (aspectos técnicos, práticos e políticos): da universidade para a comunidade. Favorece a troca de conhecimento popular com o acadêmico. Serve de campo de estágio para os estudantes dos vários cursos da PUC-PR e como fonte para trabalhos científicos e desenvolvimento de pesquisas. Integra acadêmicos, professores e funcionários (multidisciplinaridade), universidades (interuniversitalidade), a população dos municípios de abrangência de ações sociais da PUC (intercomunitariedade) e outras entidades (interinstitucionalidade).

 

 

* Hospital Amigo da Criança – Maternidade Interlagos

   www.hminterlagos.com.br/

   Esta Maternidade pública do Estado de São Paulo tem um site atraente, com orientações sobre a Iniciativa Hospital Amigo da Criança, Ambulatório Junto ao Peito, Banco de Leite Humano, PRAMAMA – Programa de Aleitamento Materno para Mães Adotivas, com áreas específicas para mães e pais e para profissionais de saúde.

 

 

* LINKS

Geralmente, em cada site há “enlaces” para outras “home-pages”.

 

 

·        SELO de Qualidade:

 

SITE AMIGO DA AMAMENTAÇÃO

(WEB AMIGO de la LACTANCIA MATERNA = BREASTFEEDING FRIENDLY WEB – SITE)

 

   O site aleitamento.com lançou esta campanha mundial para a promoção de “home-pages” que verdadeiramente são apoiadoras do aleitamento materno, cumprindo estes 5 passos:

 

1 – Ter uma política de incentivo ao aleitamento que deve ser transmitida rotineiramente a todos os colaboradores do site.


2 – Possuir autores, colaboradores, articulistas, escritores capacitados em amamentação.

3 – Informar ao público em geral vantagens do Leite Materno e da amamentação, bem como o seu manejo.

4 – Não estimular e nem aceitar patrocínio ou apoio de produtores ou comerciantes de bicos artificiais, chupetas, mamadeiras, fórmulas ou alimentos infantis.

5 – Disponibilizar links e endereços de grupos ou instituições que promovem, protegem e apoiam a amamentação.

 

 

 
* ADVERTÊNCIA

Há de tudo na Internet, antes de considerar uma informação como verdadeira você deve saber quem a produziu, sua formação, referências, data e afastar interesses comerciais... pois qualquer um pode abrir um site. Recomendamos especialmente os sites que adotam os princípios da ONG “Health On the Net Fundation” – veja adiante.

 

 

* PRINCÍPIOS do CÓDIGO HON de Conduta para sites de Medicina e Saúde.

   www.hon.ch

 

1. Autoridade

Toda orientação médica ou de saúde contida no site será dada somente por profissionais treinados e qualificados, a menos que seja declarado expressamente que uma determinada orientação está sendo dada por um indivíduo ou organização não qualificado na área médica.

 

2.Complementaridade

A informação disponível no site foi concebida para apoiar - e não para substituir - o relacionamento existente entre pacientes ou visitantes do site e seus médicos.

 

3.Confidencialidade

Será respeitado o caráter confidencial dos dados dos pacientes e visitantes de um site médico ou de saúde - incluindo sua identidade pessoal. Os responsáveis pelo site se comprometem em honrar ou exceder os requisitos legais mínimos de privacidade de informação médica e de saúde vigentes no país e no estado onde se localizam o site e as cópias do site.

 

4.Atribuições

Quando for o caso, a informação contida no site será respaldada por referências claras às fontes consultadas, e, quando possível, tendo links HTML para estas fontes. A data em que cada página médica foi atualizada pela última vez será exibida claramente (no topo da página, por exemplo).

 

5.Justificativas

Quaisquer afirmações feitas sobre os benefícios e/ou desempenho de um tratamento, produto comercial ou serviço específico serão respaldadas com comprovação adequada e equilibrada, conforme indicado no Princípio 4.

 

6.Transparência na propriedade

Os programadores visuais do site irão procurar dispor a informação da forma mais clara possível e disponibilizar endereços de contato para os visitantes que desejem informação ou ajuda adicional. O webmaster exibirá seu endereço de e-mail claramente em todas as páginas do site.

 

7.Transparência do patrocínio

Os apoios dados ao site serão identificados claramente, incluindo a identidade das organizações comerciais e não-comerciais que tenham contribuído para o site com ajuda financeira, serviços ou recursos materiais.

 

8.Honestidade da publicidade e da política editorial

Se a publicidade é uma das fontes de renda do site, isto deverá ser indicado claramente. Os proprietários do site fornecerão uma breve descrição da política de divulgação adotada. Os anúncios e outros materiais promocionais serão apresentados aos visitantes de uma maneira e em um contexto que facilitem diferenciá-los do material original produzido pela instituição gestora do site.

 

 

* Artigos Científicos na internet

                          A maioria das revistas científicas possui site onde se pode acessar os últimos artigos publicados.  Exemplos:

 

-         o JPED - versão eletrônica do Jornal de Pediatria, a maior e mais completa revista de pediatria da América Latina, publicado pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

     www.Jped.com

 

-         A SciELO (Scientific Electronic Library Online) é o resultado de um projeto de pesquisa da FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, em parceria com a BIREME - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde, com o apoio do CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.  Tem por objetivo o desenvolvimento de uma metodologia comum para a preparação, armazenamento, disseminação e avaliação da produção científica em formato eletrônico.
www.scielo.br

 

- Journal of Human Lactation – a maior revista da especialidade, publicação

     oficial da ILCA - International Lactation Consultants Association.

     www.sagepub.com/journal.aspx?pid=250

 

 

* Lista de correio eletrônico: L-materno@

 

                    Uma lista de discussão por e-mail é uma forma gratuita, de compartilhar informações, difundir conhecimentos, trocar experiências, possibilitar uma educação continuada.  Uma lista de correio pela internet é uma forma de comunicação simultânea dos nela inscritos – se envio uma mensagem para a lista, todos os seus membros recebem e ficam livres para responder, se for o caso.

                               A lista de discussão eletrônica L-materno@ é um espaço aberto de discussão sobre Amamentação e seu entorno (parto natural – humanização do nascimento – alimentação complementar...). A riqueza deste espaço é sua liberdade – sem vínculos institucionais, sem hierarquias, sem donos, sem moderação, sem “institucionalização”, ou seja com independência.  É uma lista aberta, interdisciplinar, transnacional, não somente a profissionais, pesquisadores e estudantes de saúde, mães e pais, i. é, para todos aqueles que tenham interesse e lidam com aleitamento materno no seu dia-a-dia.  Este grupo de discussão é um espaço privilegiado de problematização, formulação científica, mobilização, cooperação, solidariedade...

 

* Principais sites Internacionais

 

WABA – World Alliance for Breastfeeding Action

www.waba.org.my

 

OMS

www.who.int

 

UNICEF

www.unicef.org

 

ABM – Academy of Breastfeeding Medicine

www.bfmed.org

 

ILCA – International Lactation Consultant Association

www.ilca.org

 

IBCLE – International Board of Lactation Consultant Examiners

www.ibcle.org

 

LLLI – La Leche League International

www.lalecheleague.org

 

The International Society for Research in Human Milk and Lactation

www.isrhml.org

 

IBFAN – International Baby Food Action Network

www.ibfan.org

 

Another Look – Breastfeeding and HIV

www.anotherlook.org

 

Breastefeeding Coalition – California

www.breastfeeding.org

 

Breastfeeding – Information, support and attitude

www.breastfeeding.com

 

Medicamentos y Lactancia

www.e-lactancia.org

 

Dar de mamar – Argentina

www.dardemamar.netfirms.com

 

        Promotion of Mothers Milk, Inc.

 www.promom.org

 

 Wellstart International - USA

 www.wellstart.org

 

[1]  Pediatra, Mestre em Saúde Pública, Docente do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFRJ, Especialista em Amamentação pelo IBCLC, Editor do www.aleitamento.com

 

 

Obs.:

Este artigo foi escrito em 2005 para o livro

O Aleitamento Materno no Contexto Atual: Políticas, práticas e bases científicas

coordenado pelo colega Dr. Hugo Issler publicado em 2008. Pedimos desculpas por estar desatualizado, já que pela dinâmica da internet as atualizações e novidades são diárias.


Última atualização: 7/1/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital